Brasil pode economizar R$ 120 bi por ano com reciclagem

January 25, 2017

 

País gera quase 80 milhões de toneladas de lixo anualmente e só reaproveita 3% do total. São exatamente R$ 120 bilhões que perdemos por ano ao não reciclar esse lixo.

 

Com a falta de investimento na indústria de reciclagem, as empresas brasileiras enfrentam um desafio diário para se tornarem mais sustentáveis ambientalmente. A oferta pequena acaba encarecendo o produto.

 

Outro problema é a queda do preço do petróleo no mundo, o que faz com que a matéria prima nova fique tão ou mais barata que o produto reciclado. Para piorar, os plásticos derivados de insumos petroquímicos ficaram mais competitivos com a queda do preço do barril de petróleo, o que torna menos vantajoso o uso de material reciclado.

 

Com isso, deviam-se oferecer mais incentivos. Na Alemanha, por exemplo, desde 2010 já recicla mais de 50% do seu lixo, pois existem subsídios para as empresas que utilizam material reciclado. Já no Brasil, é ao contrário, existe uma tributação que o encarece. O imposto incide no produto quando ele é matéria prima e depois, quando é reciclado.


Não existe o incentivo fiscal necessário para estimular o desenvolvimento dessa cadeia de materiais. A alta dos custos atinge também o papel reciclado, que chega a custar até três vezes mais do que o convencional.

 

Boa notícia!

Um pouco de boa notícia é a percepção das empresas quanto aos seus consumidores, que cada vez mais estão atento às origens dos materiais e aos modos de produção daquilo que consomem.

 

Reciclagem é mais difícil com "lixões" ilegais

 

Hoje, apenas metade do lixo produzido no Brasil vai para aterros sanitários. A construção dos aterros sanitários facilita a reciclagem do produto descartado. Porém, muitas prefeituras não se adaptaram à lei, que previa o descarte de todo o lixo do país em aterros sanitários até 2014. Com isso, o Senado, em 2015, prorrogou o prazo de adaptação à lei. Os municípios passaram a ter de 2018 a 2021 para se adequarem à lei, de acordo com o seu tamanho.

 

Por isso a importância de se ter uma empresa de coleta de lixo especializada e de confiança que descarte o seu lixo de forma legal.

 

Embalagem reduzida corta custos

 

Para garantir a responsabilidade ambiental, outras soluções envolvem a negociação com fornecedores e o uso de refil. Uma ideia é buscar melhorar os custos das embalagens que utilizam material reciclado, trabalhando em parceria com fornecedores para construir cadeias de fornecimento. O uso do refil, por exemplo, dá ao consumidor acesso a produtos com menos custo, já que o refil utiliza menos material de embalagem.

 

Fonte: http://www.otempo.com.br/capa/economia/brasil-perde-r-120-bilh%C3%B5es-por-ano-ao-n%C3%A3o-reciclar-lixo-1.1423628

Please reload