Veículos Elétricos - em prol da sustentabilidade

September 6, 2017

O governo federal estuda a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide sobre os veículos elétricos dos atuais 25% para 7,5%. A notícia é muito boa porque nunca ocorreu qualquer iniciativa governamental significativa para incentivar o uso dos veículos elétricos, ou melhor, veículos cuja emissão de poluentes é zero.

 

A poluição do ar nas cidades brasileiras de hoje é resultante, principalmente, da queima de combustíveis fósseis, sendo mais de 80% das emissões produzidas pelo sistema de transporte.

 

O incentivo fiscal é importante, mas não basta. Muitas outras ações são necessárias para impulsionar o uso de veículos elétricos. Uma medida complementar seria o governo fomentar a produção de baterias mais baratas e que garantam maior autonomia aos veículos elétricos, assim como estimular a criação de pontos de recarga ao longo das cidades e até em estradas.

 

Uma opção em outros países, como no Japão, seria difundir a instalação de placas captadoras de energia solar para carregar as baterias. Se houvesse um excedente de energia, ele poderia até ser vendido para a rede de distribuição. No Brasil já existe legislação regulamentando essa atividade. O proprietário de veículo elétrico poderia carregar seu carro em casa, ou no local do seu negócio, com energia solar e, ainda, vender o excedente produzido pelo seu carregador.

 

A redução de imposto complementada pelos avanços tecnológicos no abastecimento do veículo elétrico é importante para o crescimento da frota de veículos elétricos, mas não é suficiente para a melhoria da qualidade do ar das cidades.

 

Precisamos de ações mais amplas sobre toda a frota a combustão que opera tanto no sistema de transporte quanto no âmbito da gestão das cidades, tais como: programas de substituição das frotas de ônibus e de táxis por veículos elétricos, ou ainda, englobar as frotas de prestadores de serviços públicos que circulam pelas ruas.

 

Fonte: https://diariodotransporte.com.br/2017/09/05/opiniao-veiculos-eletricos-as-condicoes-estao-lancadas/

Please reload