Esqueça os descartáveis! Conheça os canudos reutilizáveis e seja mais ecológico

July 4, 2018

Artefatos inofensivos só na aparência, descartados depois de uma utilidade de poucos minutos, poluem os oceanos por até 500 anos, tempo necessário para a sua decomposição. Os canudos de plástico ainda fazem com que mais de um milhão de aves marítimas e cem mil mamíferos marinhos acabem ingerindo este material. Veja só outros impactos dos canudos na natureza obtidos do site Choose to be Straw Free:

 

• 6 milhões de canudos foram colhidos durante eventos anuais de limpeza de praias;

• Canudos são feitos de polipropileno - um produto do petróleo;

• 44% de todas as espécies de pássaros marítimos e 22% dos cetáceos ingeriram plástico;

• 90% de todo o lixo flutuando nos oceanos do planeta é plástico.

 

Em uma pesquisa realizada pela organização internacional Ocean Conservancy, o canudo aparece entre os dez resíduos mais encontrados nas ações de limpezas de praia. Só nos Estados Unidos, são usados 500 milhões deles por dia e no Reino Unido, mais 100 milhões.

 

A redução do lixo marinho é alvo da campanha Mares Limpos, lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

 

Se você quiser uma alternativa mais ecológica para tomar aquele drink ou oferecer um suco para as crianças, o mercado já oferece boas alternativas de canudos reutilizáveis.

 

– Aço inox: Esse tipo de material possui alta qualidade e podem ser lavados manualmente e em máquina de lavar louças. Uma das marcas que oferece esse tipo de produto é a Bee Green.

 

- Titânio: É o nono elemento mais abundante da costa terrestre. O canudo de titânio acaba por ser um material forte, resistente e hipoalergênico que, com a certa manutenção, pode durar por um bom tempo.  Estudos afirmam que não há desprendimento de químicos quando o produto entra em contato com algum líquido (o que pode acontecer no caso do plástico, que libera BPA).

 

– Bambu: Por possuir resistência natural contra bactérias, o bambu é um excelente material do ponto de vista da sustentabilidade.

 

– Vidro: Se optar por esse material, observe se o material é fabricado em vidro borossilicato, inerte e termoresistente (o mesmo utilizado em laboratórios). Tende a ser mais higiênico, não adere restos de alimentos e por ser transparente, facilita a limpeza.

 

E aí, qual você prefere?

 

 

Fontes: Catraca Livre; Ecycle; Conexão Planeta; ModaVerde.

Please reload