Como a Unilever pode inspirar sua empresa

August 13, 2018

Como já falado anteriormente neste blog, a demanda pelo consumo de marcas sustentáveis está aumentando cada vez mais, e diversas empresas já veem isso como uma oportunidade de negócio. Em nosso último post falamos sobre a energia circular como forma de inovação para empresas se tornarem mais sustentável e citamos algumas multinacionais que já iniciaram este projeto, dentre elas se destacaram a Unilever, Coca Cola e Apple.

 

Hoje, trazemos um grande exemplo de empresa que utiliza a economia circular: A Unilever. Esta grande multinacional, com o intuito de ser referencia na sustentabilidade criou um plano que se chama Plano de Sustentabilidade da Unilever (USLP).

Em 2017, a companhia atingiu o marco de 26 marcas e continua adquirindo empresas que se encaixem nos valores sustentáveis da companhia, tal como a Pukka, Mãe Terra e Sundial.

 

Atualmente a companhia conta com 109 fábricas em 36 países que já utilizam 100% de energia elétrica renovável, além de terem o correspondente a 56% de toda a matéria prima utilizada oriunda de forma sustentável.

 

Em seu plano a empresa almeja que até o ano de 2025, 100% de suas embalagens plásticas serão oriundas de reciclagem, compostagem ou reutilização. Para isso a companhia está investindo em tecnologia que possibilita alcançar suas mentas sustentáveis como a criação do chamado CreaSlov Process (desenvolvido em parceria com o Instituto Fraunhofer de Engenharia de Processos e Embalagens IVV, da Alemanha), essa tecnologia é responsável por conseguir reciclar embalagens flexíveis (tal como os sachês).


Com o objetivo de atingir a economia circular, a multinacional está adotando 4 medidas chaves:


1.    Investir em inovação direcionada a modelos que promovam o reuso das embalagens plásticas;
2.    Adotar o compromisso com embalagens 100% reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis até 2025 e estabelecer metas para o pós-consumo;
3.    Criar um Protocolo Global de Plásticos com definições e padrões industriais em relação aos materiais que devem ser usados, e que garanta uma infraestrutura de reciclagem economicamente viável;
4.    Liderar discussões com o setor público a fim de fomentar melhorias na infraestrutura da gestão do lixo.

 

Fontes: https://www.unilever.com.br/sustainable-living/sustainable-living-news/como-estamos-indo-em-relacao-as-nossas-metas-do-uslp.html
http://www.doisamaiscosmetica.com.br/industria-cosmetica/unilever-convoca-empresas-se-engajar-na-transicao-para-uma-economia-circular/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload